Editora Céu Azul de Copacabana On-line

 As Mais Belas Colorfotos do Brasil






Rio de Janeiro
atrações Noturnas

 Bares, Boates, Música e outras atrações

Bares: O Rio de Janeiro é uma cidade conhecida pela grande variedade de bares, botecos e botequins. Dos tradicionais aos mais modernos, todos possuem atrativos incomparáveis. Não se deixe enganar pelas aparências, afinal, muitas vezes o melhor bar não é o mais limpo. O importante é o chope bem tirado acompanhado de um bom tira-gosto e, é claro, o calor do povo carioca. Alguns bares são mais sofisticados que outros, com cadeiras e pratos requintados. Nos casos requintados, marcamos o bar com uma estrela " * ".  Outros bares são muito badalados e uma ótima opção para se passar a noite com os amigos. Neste caso marcamos o bar com o sinal " # ". 

Academia da Cachaça *# - Rua Conde de Bernadote 26 loja G, Leblon (tel. 239-1542). Um dos melhores lugares para se degustar a mais brasileira das bebidas: a cachaça. Variação gigantesca de caipirinhas, batidas e cachaças. Destaque para a cachaça gelada com mel e limão, e a caipirinha de pitanga. Vale a pena conferir os ótimos petiscos e os pratos tradicionais. Um ótimo programa para a noite. Na nossa opinião, a melhor opção para o amigo turista. Possui filial na Barra da Tijuca. 

Arco do Telles * - Travessa do Comércio 20, Arco do Telles, Praça 15, Centro. Localizado na Praça XV, no centro financeiro do Rio, o Arco do Telles é muito freqüentado no happy hour. Este espaço, que vai fazer você se sentir no Rio de Janeiro do século passado, é cheio de bares, restaurantes e boates lotados de pessoas querendo relaxar e esquecer o trabalho. Obviamente sexta-feira é o dia mais animado, enquanto nos fins-de-semana quase não funciona.

Baixo Gávea # - Praça Santos Dumont, Gávea. O Baixo Gávea, ou BG para os mais íntimos, é o principal ponto de encontro da turma jovem da Zona Sul. Sempre muito badalado, a boemia do BG sentiu a proibição da Prefeitura do Rio de Janeiro que só permite o funcionamento dos bares até 1h da manhã. Segunda-feira é o dia de maior movimento. nos finais de semana, o movimento é fraco.

Bar do Arnaldo - Rua Almirante Alexandrino 316-B, Santa Teresa (tel. 252-7246) Lugar ideal para quem gosta da cozinha do nordeste.

Bar Lagoa *# - Av. Epitácio Pessoa 1.674, Lagoa (tel. 523-1135) Um dos mais tradicionais e badalados bares do Rio de Janeiro, de origem alemã. A proximidade de uma faculdade garante a presença do público jovem, embora o bar seja freqüentado por pessoas de todas as idades. Os garçons são conhecidos pelo mau humor, mas a qualidade das bebidas e refeições é ótima. 

Barril 1800 *- Av. Vieira Souto 110, Ipanema (tel. 523-3375). O destaque do Barril é a bela vista para a praia de Ipanema. É uma mistura de bar e restaurante, pois é muito espaçoso e tem um cardápio variado. 

Bip-Bip - Rua Almirante Gonçalves 50, Copacabana (tel. 267-9696). O melhor botequim de Copacabana freqüentado por autênticos cariocas.

Biruta * - Av. Sernambetiba 6.420, Barra da Tijuca (tel. 433-2769). Boa comida somada ao visual da praia da Barra.

Bofetada - Rua Farme de Amoedo 87, Ipanema (tel. 522-9526). Deliciosos petiscos. Muito freqüentado pelo público gay.

Bracarense - Rua José Linhares 85, Leblon (tel. 294-3549). Entre os mais tradicionais do Rio. Não possui local para sentar, mas o bolinhos de camarão com catupiry, de bacalhau e o chope muito bem tirado compensam. Seus freqüentadores costumam ser sempre os mesmos.

Caneco 70 * - Av. Delfim Moreira 1.026, Leblon (tel. 294-1182). Assim como o Barril 1800, o destaque é a vista. Desta vez para a praia do Leblon. Muito freqüentado por adolescentes.

Caroline Café *# - Rua J.J. Seabra 10, Jardim Botânico (tel. 540-0705). Bar estilo americano com boa música e gente bonita. No cardápio, os amantes da cerveja podem apreciar várias marcas importadas. O Caroline Café é muito badalado.

Cervantes * - Rua Barata Ribeiro 7, Copacabana (tel. 275-6147). Muito conhecido pelos seus saborosos sanduíches, o Cervantes tem a vantagem de ser um dos últimos bares a encerrar o expediente.

Clipper - Rua Carlos Góis 263, Leblon (tel. 259-0148) Depois da praia, o chope do Clipper é obrigatório. O bar é um ponto tradicional de comemoração em caso de vitória dos times de futebol do Rio, principalmente do Flamengo. Como fica ao lado de um cinema, está sempre animado.

Cobal do Humaitá *# - Rua Voluntários da Pátria 446, Botafogo. A Cobal do Humaitá é um atraente mercado de horti-fruti-granjeiros. À noite, porém, se transforma em um animado conjunto de bares e restaurantes que agradam aos mais variados desejos. Seja ele comer uma pizza, desfrutar comida japonesa, ou ouvir música ao vivo.

Cobal do Leblon *# - Rua Gilberto Cardoso Filho s/ n, Leblon. Assim como a do Humaitá, mas sem tantas opções.

Empório # - Rua Maria Quitéria 37, Ipanema (tel. 287-3040). Freqüentado na maioria por jovens, é ideal para quem gosta de musica mais pesada.

Garota de Ipanema * - Rua Vinícius de Morais 49-A, Ipanema (tel. 523-3787). O Garota de Ipanema ganhou este nome, pois foi lá que Tom Jobim e Vinícius de Morais fizeram a famosa música. O bar ainda era o Veloso, freqüentado pela boemia do bairro. Hoje é principalmente freqüentado por turistas.

Jobi - Av. Ataulfo de Paiva 1.166, Leblon (tel. 274-0547). Ao lado do Bracarense, é o mais tradicional bar do Leblon. 

Mineiro - Rua Paschoal Carlos Magno 99, Largo dos Guimarães, Santa Teresa (tel. 221-9227). O Mineiro é a cara de Santa Teresa. Boa conversa, cerveja gelada e comidinha gostosa. Você ainda pode apreciar uma belíssima coleção de fotos e obras de arte.

Nogueira - Rua Ministro Viveiros de Castro 15, Copacabana (tel. 275- 9848). Ponto de encontro da madrugada. No Nogueira você encontra todo tipo de pessoas. Turistas e prostitutas estão sempre presentes.

Petisco da Vila - Av. 28 de Setembro 238, Vila Isabel (tel. 576- 5652). Popular bar da zona norte. Vale a pena conferir.

 

Musica: O Rio de Janeiro conta com diversas casas de espetáculo de todos os portes, onde ocorrem regularmente apresentações musicais. Para saber detalhes sobre a atual programação das diversas casas a baixo listadas, não deixe de se informar nos telefones citados entre parênteses.

ATL Hall - Shopping Via Parque, Av. Ayrton Senna 3000, Barra da Tijuca (tel. 421-1331) - 4.000 lugares. Maior casa de espetáculos do Rio, o antigo Metropolitan oferece uma estrutura digna das melhores casas da América do Sul e costuma abrigar os melhores shows da cidade.

Canecão - Av. Venceslau Brás 215, Botafogo (tel. 543-1241) - 3.000 lugares. Apesar de muito ultrapassado, o Canecão ainda abriga shows de muitos artistas da MPB. Chico Buarque, por exemplo, só se apresenta lá.

Olimpo - Av. Vicente de Carvalho 1450, Vila da Penha (485-4747) - 2.700 lugares. Esta casa é a boa opção para a Zona Norte da cidade. Boa estrutura e espetáculos mais populares.

Garden Hall - Shopping Garden Hall, Av. das Américas 3255, Barra da Tijuca (tel. 325-0934) - 1.000 lugares. Mais recente opção da Barra da Tijuca. O Garden Hall é uma boa pedida para shows de médio porte.

Ballroom - Rua Humaitá 110, Humaitá (tel. 537-7600). No Ballroom acontece de tudo: festas, forrós e shows musicais de diversos artistas brasileiros.

Mistura Fina - Av. Borges de Medeiros 3207, Lagoa (tel. 537-2844) - 180 lugares. No sofisticado Mistura Fina, o cliente encontra boa comida, bom serviço e shows excelentes de jazz, blues, MPB e muito mais. Os preços salgados deixam os jovens de fora.

Hipódromo Up - Praça Santos Dumont 108, Gávea (tel. 274-9720). No coração do Baixo Gávea você encontra futuras revelações da música brasileira. O bar Hipódromo, a baixo, é a alma do BG.

Bar do Tom - Rua Adalberto Ferreira 32, Leblon (tel. 274-4022) - 200 lugares. Neste bar, uma homenagem ao maestro Tom Jobim, o destaque são os shows de samba e bossa nova, sempre para um público experiente e bem comportado.

 

Outros:

Quiosques da lagoa -  Em torno da Lagoa Rodrigo de Freitas há dezenas de simpáticos quiosques servindo os mais variados pratos e tira-gostos. Um programa muito popular entre os cariocas, principalmente nas noites de verão.

Quiosques da praia - Nas principais parais urbanas do Rio (Copacabana, Ipanema e Leblon) há uma infinidade de quiosques servindo cerveja, água de coco e alguns caipirinha. Nem todos são movimentados à noite.

Samba - Um ótimo programa é visitar as quadras das escolas de samba e curtir um noite muito animada. Clique aqui para saber os endereços. 

Feira de São Cristóvão - Um ótimo programa para quem queira se integrar na cultura local da cidade. Não é para qualquer um, pois foge do padrão de programação do turista comum. A feira de São Cristóvão é a mistura de um mercado de rua enorme e surreal com uma festa de forró e musica ao vivo. Tudo muito simples, mas de alguma forma fora da realidade. Um acontecimento sem iguais. Melhores dias: sextas e sábados. Tente ir com alguém de confiança que conheça a área, pois o policiamento na área é escasso e o turista desacompanhado pode facilmente se perder em um dos becos do bairro e ser assaltado. A feira em si, não oferece, a princípio, risco de assalto. 

Erótico - As principais casas de shows eróticos ficam em Copacabana, na Av Princesa Isabel entre as esquinas da Barata Ribeiro e Av. Atlântica. Para saber endereços de termas e garotas de programa, sugerimos as seguintes páginas de internet (somente permitido para maiores de 18 anos, não nos responsabilizamos pelo conteúdo das páginas

 

 

Boates: A noite do Rio de Janeiro é muito animada, mas as boates perdem um pouco em relação às grandes casas noturnas de outras metrópoles como São Paulo, Nova Iorque, Berlim e outras. Um marco do Rio de Janeiro porém são as mulheres bonitas. Se o amigo turista for para a boate certa, no dia certo, encontrará com certeza a maior concentração do mundo de mulher bonita por metro quadrado. Para as amigas turistas um aviso: os homens cariocas são muito atirados e adoram paquerar uma menina (ou mulher) de fora. Vale alertar ainda que as boates do Rio geralmente excedem o limite de lotação, podendo tornar a sua noite um tanto apertada. As melhores noites no Rio de Janeiro geralmente são quinta, sexta e domingo. As boates estão listadas em ordem alfabética. 

Bunker 94 - Rua Raul Pompéia 94, Copacabana (tel. 287-7238). A noite na Bunker começa às 2h. Ponto de encontro da turma que gosta de música eletrônica.

Club B.A.S.E. - Rua Francisco Otaviano 20-A, Copacabana (tel. 522-0541). A boate B.A.S.E. veio de São Paulo para animar a noite carioca. Vale a pena conferir.

Café do Gol - Av. Lúcio Costa 1596, Barra da Tijuca (tel. 495-6971) A famosa boate de Romário já esteve melhor. A decoração futebolística é uma atração a parte.

Cine Íris - Rua da Carioca 51, Centro. Este antigo cinema pornô vira local de festas nos fins-de-semana. Como muitas são diferentes é preciso se informar qual tipo de festa. Filipetas informativas são distribuídas em diversos lugares da cidade.

Cozumel - Rua Lineu de Paula Machado 696, Jardim Botânico (tel. 239-4084). Estilo mexicano dividido em três andares. Para quem gosta de dançar, é um pouco apertado.

Dado Bier - Shopping Downtown, Av. das Américas 500, Barra da Tijuca (tel. 491-5100). Filial carioca da famosa cervejaria de Porto Alegre. Localizada em um shopping, é um bom programa após o cinema.

El Turf - Praça Santos Dumont 31, Gávea (tel. 274-1444). A casa se encontra dentro do Hipódromo da Gávea. Alterna entre noites agitadas e desanimadas.

Fun Club - Shopping Rio Sul, Rua Lauro Müller 116, Botafogo (tel. 541-4244). Ambiente jovem que agrada aos mais novos (faixa etária média é de 18 anos ou menos). 

Fundição Progresso - Arcos da Lapa s/ n, Lapa (tel. 226-5070). Espaço multi-cultural que acolhe festas gigantescas. Assim como o Cine Íris, é bom se informar quais os tipos.

Guapo Loco - Rua Rainha Guilhermina 48, Leblon (tel. 294-2915). Mexicano pequeno, mas bastante animado. Confira o cardápio, pois a comida é boa e farta.

Help - Av. Atlântica 3.432, Copacabana (tel. 522-1296). A Help é uma boate única que mistura o submundo à noite comportada. Pode ser comparada às grandes boates de Amsterdã onde prostitutas e gigolôs se mesclam à pessoas comuns, formando um ambiente excitante e sensual, mas comportado. Muitos turistas freqüentam a boate para conseguirem uma garota de programa, mas há quem vá somente para se divertir e dançar. A Help não deixa de ser um local promíscuo, mas está longe de ser uma casa de prostituição. É uma boate interessante para quem quer ter uma pequena introdução ao submundo da prostituição. Mulheres não deveriam ir desacompanhadas. A música é muito boa e a iluminação é ótima. O preço é honesto.

Le Boy - Rua Raul Pompéia 102, Copacabana (tel. 513-4993). Boate gay muito movimentada.

People Club - Rua Bartolomeu Mitre 370, Leblon (tel. 512-8824). O People é uma das boates preferidas da juventude da Zona Sul. Costuma ficar sempre cheio.

Public & Co. - Rua Pacheco Leão 780, Jardim Botânico (tel. 239-5171). A casa é pequena, mas bastante movimentada. A boa música para dançar costuma prevalecer.

Rock in Rio Café - Barrashopping, Av. das Américas 4.666, Barra da Tijuca (tel. 431-9500). Bar temático do maior festival de música já realizado no país. A casa é grande, mas de rock não tem nada.

Skipper - Praça Santos Dumont 80, Gávea (tel. 511-0738). Original de Búzios, o Skipper é uma boa pedida para ver gente bonita.

Slavia - New York City Center, Av. das Américas 5000, Barra da Tijuca (tel. 432-4700). Localizada num shopping, a Slavia é uma mistura de cervejaria, bar e boate.

W - Rua Visconde de Pirajá 22, Ipanema (tel. 523-0302). Boate agitada, porém pequena e cara.